serie b jogos

indústria de a - z

Biomassa

A biomassa é considerada uma fonte de energia limpa e sustentável.

O que é biomassa?

Biomassaé a matéria orgânica vegetal ou animal usada como fonte de energia limpa e sustentável. Pode ser obtida a partir de lenha, bagaço de cana, resíduos agrícolas, algas, alimentos e esterco, contribuindo para reduzir a dependência de combustíveis fósseis e mitigar emissões de CO2.

No Acordo de Paris, por exemplo, o Brasil propôs a redução de 37% de suas emissões até 2025, além de medidas adicionais em energias renováveis e eficiência energética. Assim, estabeleceu metas para o aumento do uso de fontes de energia renovável, incluindo a biomassa, na matriz energética.

Conheça outros temas: Cursos técnicos,Cursos tecnólogos,Inteligência artificial - IA,Recursos Hídricos,Realidade aumentada,Startup

Qual a aplicação para a biomassa?

O aumento do uso da biomassaé uma estratégia essencial para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, combatendo o aquecimento global e as mudanças climáticas. Comparada às fontes de energia fósseis, a biomassa emite menos poluentes e tem menor impacto ambiental, contribuindo para um sistema produtivo mais limpo e eficiente. Ela se mostra uma opção cada vez mais viável para a transição rumo a uma economia de baixo carbono.

A biomassa possui diversas formas de uso. Esses são alguns exemplos de sua aplicabilidade:

  1. Geração de energia: A biomassa pode ser queimada diretamente ou convertida em biocombustíveis para produzir eletricidade, calor e energia térmica. Isso inclui usinas de biomassa, onde a queima controlada é utilizada para gerar eletricidade, e sistemas de co-geração, que produzem eletricidade e calor simultaneamente.

  2. Biocombustíveis: A biomassa pode ser transformada em biocombustíveis líquidos, como etanol e biodiesel, que são utilizados como substitutos parciais ou totais de combustíveis fósseis em veículos e máquinas.

  3. Biogás: Através da digestão anaeróbica de resíduos orgânicos, a biomassa pode produzir biogás, que é uma mistura de metano e dióxido de carbono. Esse biogás pode ser usado para geração de eletricidade e calor, bem como como combustível veicular.

  4. Materiais e produtos: Além de energia, a biomassa pode ser usada para produzir materiais e produtos. Por exemplo, resíduos agrícolas podem ser transformados em materiais de construção, como painéis de madeira ou fibras de celulose para papel.

  5. Alimentação animal e fertilizantes: Resíduos agrícolas e esterco podem ser utilizados como alimentos para animais ou como fertilizantes orgânicos, contribuindo para a agricultura sustentável.

  6. Produtos químicos e plásticos verdes: A biomassa também pode ser usada como matéria-prima para a produção de produtos químicos e plásticos verdes, substituindo os derivados do petróleo e reduzindo a pegada de carbono.

  7. Tratamento de resíduos: A biomassa pode ser usada para o tratamento de resíduos orgânicos, contribuindo para a redução do volume de lixo e a produção de energia ou fertilizantes.

Como a biomassa é feita?

A biomassa é uma fonte versátil, pois pode ser produzida a partir de diversos materiais orgânicos de origem vegetal ou animal.

Lenha:A biomassa pode ser queimada diretamente, como no fogão a lenha, para aproveitamento do calor. Ou, ainda, pode ser utilizada para aquecer água e produzir vapor em alta pressão, que é usado para acionar turbinas e geradores elétricos.

Biocombustíveis:Cana-de-açúcar, soja, mamona e milho são alguns materiais usados para a criar produtos como o álcool (etanol), óleos vegetais e gorduras, que são processados e usados como combustíveis.

Produtos agrícolas: O cultivo de produtos agrícolas usados como fonte de geração de energia requer cuidados de conservação, como: evitar o desmatamento de áreas naturais para iniciar novas áreas de plantio, uso controlado de agrotóxicos e fertilizantes e controle de resíduos.

Há outras iniciativas em desenvolvimento que avaliam o potencial de diferentes matérias orgânicas em biomassa. Como exemplo, um projeto do Instituto SENAI de Inovação em Biomassa (ISI Biomassa), do Mato Grosso do Sul, que recolheu plantas aquáticas de balneário para produção de bio-óleo.

Vantagens do uso da biomassa como fonte de energia no Brasil:

  1. Participação de Fontes Renováveis: O Brasil se destaca por possuir uma matriz energética e elétrica com grande participação de fontes renováveis, representando cerca de 47% da matriz energética e 80% da matriz elétrica, tornando-o referência global nesse aspecto.

  2. Futuro Sustentável: Com a perspectiva de um futuro ainda mais verde, a ampliação das fontes renováveis, incluindo a biomassa, contribui para uma transição energética sustentável e alinhada com metas ambientais globais.

  3. Uso em Áreas Remotas: O uso de biomassa em usinas termelétricas é crescente, especialmente em áreas não abrangidas pela rede elétrica, como comunidades rurais isoladas, proporcionando acesso à energia em locais remotos.

  4. Eficiência Energética: O emprego de sistemas de cogeração, onde a queima de biomassa é utilizada para gerar energia elétrica e térmica simultaneamente, aumenta a eficiência energética dos sistemas de produção.

  5. Ciclo do Carbono: O uso da biomassa como fonte de energia contribui para o ciclo do carbono, uma vez que libera apenas o CO2 previamente absorvido pelas plantas, tornando-a uma opção de baixa emissão líquida de gases de efeito estufa.

  6. Redução de Emissões: A utilização da matriz energética renovável reduz as emissões de gases de efeito estufa, colaborando para combater as mudanças climáticas e alcançar metas de redução de poluentes.

  7. Geração de Empregos: O setor de energia de biomassa cria empregos diretos e indiretos, promovendo o desenvolvimento econômico e social do país.

  8. Menor Dependência de Combustíveis Fósseis: O uso da biomassa reduz a dependência de combustíveis fósseis importados, proporcionando maior autonomia energética ao país.

  9. Diversificação da Matriz Energética: A expansão das fontes renováveis, como a biomassa, contribui para diversificar a matriz energética brasileira, aumentando a segurança energética a longo prazo.

  10. Sustentabilidade e Preservação Ambiental: O uso da biomassa está alinhado com práticas de desenvolvimento sustentável e preservação ambiental, contribuindo para um futuro mais limpo e resiliente.

Qual são os tipos de biomassa mais utilizados no Brasil?

  1. Bagaço de Cana-de-açúcar: O bagaço de cana-de-açúcar é o recurso com maior potencial para ser utilizado como biomassa na geração de energia elétrica no país. O setor sucroalcooleiro gera uma grande quantidade de resíduos que podem ser aproveitados como biomassa, principalmente em sistemas de cogeração.

  2. Outros Vegetais: Além do bagaço de cana-de-açúcar, outros vegetais também podem ser utilizados para a produção de energia elétrica através da biomassa. Entre eles estão o azeite de dendê (óleo de palma), o buriti, o babaçu e a andiroba, com potencial de abastecer comunidades isoladas, especialmente na região Amazônica.

  3. Biocombustíveis Líquidos: O Brasil destaca-se na área de biocombustíveis líquidos, como o etanol, com a maior frota global de veículos flex que podem utilizar esse tipo de combustível. A utilização de biocombustíveis líquidos é uma forma importante de aproveitar a biomassa como fonte de energia no transporte.

  4. Potencial para Países Populosos: A biomassa tem um grande potencial para ampliar as fontes de energia em países populosos, como o Brasil, Índia e China, onde a demanda energética é alta. A Agência Internacional de Energia Renovável (Irena) destaca o papel importante do Brasil na liderança dos biocombustíveis líquidos.

  5. Contribuição para o Desenvolvimento Sustentável: A biomassa tem a capacidade de fornecer uma parte significativa da energia renovável global até 2030, conforme relatório da Irena em 2020. Além disso, a energia de biomassa é considerada confiável, positiva e inesgotável para a humanidade, desempenhando um papel imprescindível nas metas de redução de emissões poluentes e no desenvolvimento sustentável.

Conheça cinco pontos-chave sobre o tema no Brasil: destacam o país nesse tema:

1 - O Brasil se destaca por possuir uma matriz energética e elétrica com grande participação de fontes renováveis, o que pode colocá-lo em vantagem frente aos seus principais competidores internacionais.

2 - O país deve aproveitar as oportunidades para o desenvolvimento das capacidades voltadas à eficiência energética e às fontes renováveis de energia. Os compromissos assumidos no Acordo de Paris abrem espaço para o desenvolvimento ainda maior de novas soluções energéticas que estejam alinhadas com uma estratégia de baixo carbono.

3 - As soluções em fontes alternativas de geração de energia elétrica devem ter foco na modicidade tarifária e na segurança no suprimento de energia. Esses dois pilares são fundamentais para a ampliação da competitividade da indústria e para a proteção tanto dos produtores quanto dos consumidores de energia.

4 - Diferentes setores industriais podem ser beneficiados com o desenvolvimento de fontes renováveis de energia e de soluções em eficiência energética. As diferentes práticas de economia circular e cumprimento dos compromissos do Brasil no Acordo de Paris impulsionam a criação de uma gama de produtos e serviços que agregam valor às atividades empresariais; geram renda e emprego, além de contribuir para o crescimento econômico do país.

5 - A gestão eficiente da energia e das emissões de gases do efeito estufa podem ser um dos principais mecanismos para o aumento de competitividade da indústria.

Saiba mais sobre as ações da indústria para a transição energética.

serie b jogos Mapa do site